Agropolos receberão investimentos na parceria entre Governo e BASA

O protocolo de intenções assinado entre o presidente do Banco da Amazônia, Marivaldo Gonçalves de Melo, e o governador do Maranhão, Flávio Dino, no último dia 9, com recursos previstos que somam R$ 385 milhões vai beneficiar, entre outras ações de governo, os Agropolos, implantados pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima).

Os agropolos são espaços geográficos, nos quais produtores rurais, agroindustriais, instituições públicas, privadas e serviços especializados trabalham sistematicamente, com o objetivo de aumentar a produtividade para atender aos consumidores, a partir da produção, agroindustrialização e comercialização. Na implantação e gestão dos agropolos, a Sagrima conta com parceiros como instituições financeiras, de ensino e pesquisa, sindicatos e representantes dos municípios e da sociedade civil organizada. O polo piloto foi implantado na Ilha de São Luís e, com o sucesso do trabalho, outros agropolos estão sendo implantados por todo o estado.

O Programa Agropolos interage com o Programa ‘Mais Produção’ ao implantar ações das cadeias produtivas prioritárias nas Unidades de Referência de Produção (URPs) dos agropolos, de acordo com a vocação produtiva de cada região. Atualmente, são 250 URPs nos polos já implantados ou em implantação. Outras ações voltada para a diminuição de custos de produção e a sustentabilidade são a implantação dos sistemas de captação de energia solar e a distribuição de mais de 30 mil litros de biofertilizante desenvolvido pela Sagrima.

Ao longo de 2016, agricultores de 150 propriedades receberam assistência técnica e gerencial, por meio de convênio com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e insumos. Para o início de 2017, os agricultores do Agropolo da Ilha poderão contar, ainda, com kits de irrigação, implantação de centro de produção de mudas e agroindústria de beneficiamento de polpas.

“Nossos produtores têm muita vontade de crescer e essa determinação, unida com a assistência técnica e de gestão, estão gerando resultados muito positivos aqui na Ilha, que é o agropolo piloto, e, em breve, nos demais agropolos que estão sendo implantados. O Governo do Maranhão está elevando o patamar tecnológico dos pequenos produtores e inserindo-os no agronegócio, num ciclo de geração de emprego e renda”, destacou

 

Novos Agropolos

Com a expansão do programa, estão sendo implantados mais três agropolos, nas regiões Tocantina, Mearim e Sul do estado. Nos três polos, já está ofertada assistência técnica e gerencial aos produtores, de acordo com a vocação de cada região. Já na região do Médio Sertão, o agropolo começará a ser implantado no próximo dia 18, com reunião de sensibilização em São Domingos, com produtores, sindicatos e parceiros do programa.