Governo entrega sementes para produtores do Cinturão Verde na zona rural de São Luís

A Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Pesca do Maranhão (Sagrima) realizou na segunda-feira (28) a entrega de sementes de hortaliças do Projeto Mais Sementes aos produtores do Assentamento Cinturão Verde, na Zona Rural de São Luís. O projeto mais sementes faz parte das políticas de estratégias do programa Mais Produção do Sistema Estadual de Produção e Abastecimento. A área do Cinturão Verde, beneficiada nesta ação, é de aproximadamente 400 hectares com a produção de 28 itens da agricultura familiar, que são destinados a feiras e instituições através do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e do Programação de Aquisição de Alimentos (PAA).

O Cinturão Verde tem 23 anos e 90% da renda dos familiares é da produção local. Quarenta e seis agricultores são assistidos pelo Programa Mais Produção da Sagrima. Iomar Ribeiro, presidente da Cooperativa Cinturão Verde, falou sobre essa importante ação realizada pela Sagrima na localidade. “Estamos hoje com a Sagrima reivindicando o escoamento dos produtos para comercialização, que é o parceiro que temos do governo do Estado. Já é um grande parceiro dentro da área de produções dos agricultores e que essa parceria se fortaleça ainda mais para que possamos desenvolver mais a renda dos agricultores familiares”, disse.

Com essa ação foi cumprida mais uma da etapa da distribuição para os produtores da Ilha que estão inseridos dentro do Agropolo. O subsecretário da Sagrima, Herchel Barroso, destaca a importância da manutenção do diálogo com os produtores para que sejam realizados mais projetos que atendem às demandas deles. “Fiquei feliz que apesar dessa pandemia os pequenos produtores continuam na lida. Senti neles um espírito muito forte de continuar lutando e a Sagrima não pode ficar ausente, a Sagrima tem que estar sempre próximo para acompanhar, não apenas dar a semente, mas também ver o período da produção, e, fundamentalmente, o mercado, onde eles vão colocar o produto colhido, o produto plantado aqui no Cinturão Verde. Esse é o ponto mais importante e a Sagrima vai estar sempre próxima do produtor rural”, ressaltou o subsecretário.

SEPAB

O Sistema Estadual de Produção e Abastecimento (SEPAB), instituído pelo decreto 30.851 de 2015, foi pensado como estratégia de desenvolvimento para superar gargalos crônicos da produção maranhense. Tem como base a ideia de que a ação governamental contribuirá para o aumento da produção e da produtividade.

O SEPAB é calcado no compromisso de fazer diferente e gerar correntes de ação sinérgicas no governo. Os órgãos que compõem o SEPAB são Sagrima, Secretarias de Estado de Governo (Segov), de Agricultura Familiar (SAF), de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), de Desenvolvimento Social (Sedes), de Trabalho e Economia Solidária (Setres), Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED/MA), Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (AGERP/MA), Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma/MA) e o Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (IMESC).