II Seminário SEPAB: “Os Caminhos da Produção sob a Ótica da Intersetorialidade”

II Seminário- Sepab

Coordenado pela Secretaria de Estado da Agropecuária, Pecuária e Pesca do Maranhão (SAGRIMA), II Seminário do Sistema Estadual de Produção e Abastecimento (SEPAB) reuniu Cadeias Produtivas prioritárias vinculadas às secretarias e órgãos que compõem o sistema para debater o trabalho intersetorial, transversal e orientado para resultados. O evento foi realizado nessa quinta-feira (19), no Hotel Praia Mar, em São Luís.

Participaram do seminário, o Governador Flávio Dino,  secretários de Estado e representantes da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED), Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Maranhão (AGERP), Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), entre outros.

“Durante todo o dia, os esforços foram direcionados para que, ao final, um diagnóstico preciso sobre os principais desafios do SEPAB e quais as melhores estratégias para superação dos obstáculos fosse feito e apresentado. O objetivo foi atingido”, comemorou a coordenadora do SEPAB, Fabiana Vilar.

Técnicos das Cadeias Produtivas do Programa Mais Produção e de secretarias componentes aprovaram proposta de reestruturação do SEPAB conforme proposição construída pelo Grupo de Trabalho do SEPAB: Enfoque Territorial, Agente de Desenvolvimento e, por fim, a intersetorialidade das ações (essa é a essência do SEPAB).

MAIS SOBRE O SEPAB

O Sistema Estadual de Produção e Abastecimento, instituído pelo decreto 30.851 de 2015, foi pensado como estratégia de desenvolvimento para superar gargalos crônicos da produção maranhense: especificamente, a ideia de que ação governamental objetivando o recrudescimento da produção e da produtividade pode acontecer de maneira compartimentalizada e pouco dialógica. O SEPAB é calcado no compromisso de fazer diferente e gerar correntes de ação sinérgicas no governo.